O artigo intitulado The Role of Ecological Economics in Latin American Public Policy: Latin American Consensus at the ISEE Washington Meeting foi publicado na edição de agosto de 2017 (Volume 138) do periódico Ecological Economics.

Na reunião realizada nas instalações da Faculdade de Agricultura, Sustentabilidade Urbana e Ciências Ambientais (CAUSES) da Universidade do Distrito de Columbia em junho de 2016, foi discutido o conteúdo e a forma deste artigo na busca de um consenso econômico-ecológico sobre políticas públicas em nossa região. Como resultado da mesa, foi concordado que ele seria aprovado pelos presidentes das sociedades regionais presentes, ad referendum de seus membros.



Peter May e David Barkin


Resumo:

Com base em uma ampla análise da situação da América Latina e as assimetrias de poder na economia mundial, as quais limitam as perspectivas de governança global, os presidentes das quatro sociedades regionais de Economia Ecológica verificaram a gravidade da situação atual no continente. Para os palestrantes, existe a necessidade de um esforço especial que leve as tomadas de decisões a atingirem os objetivos específicos dentro de uma série de temas abordados, entre eles:

1) Indicadores de bem-estar;

2) A desvinculação do conceito de crescimento econômico do uso de energia e materiais;

3) Inovação técnica com baixo impacto sócio-ambiental;

4) Produção agrícola e pecuária de baixo carbono;

5) A avaliação e a distribuição equitativa dos benefícios dos serviços ecossistêmicos;

6) Gestão sustentável de recursos naturais, cada vez mais escassos;

7) Urbanização sustentável, justa e criativa;

8) O empoderamento dos povos indígenas e das comunidades locais;

9) Consciência sobre o início dos limiares de resiliência do ecossistema planetário; e

10) Uma melhor distribuição de poder e organização do sistema de governança global.


Confira o texto através do link: http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0921800917304238


Autores:

Brazilian Society of Ecological Economics (ECOECO);
Argentine-Uruguayan Association of Ecological Economics (ASAUEE);
Mesoamerican and Caribbean Society of Ecological Economics (SMEE);
Andean Society of Ecological Economics (SAEE);
Joseph S. Weiss.