Com o fim do prazo dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) em 2014, sovaldi  os países reunidos na Conferência Rio+20 (2012) concordaram com a necessidade de estabelecer novas metas de desenvolvimento humano – que serão traduzidas por meio dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS.

 

A contribuição do setor privado para a definição dos ODS está sendo liderada pelo Pacto Global das Nações Unidas. Em todo o mundo, doctor  representantes de empresas de diversos portes são convidados a contribuir com as prioridades e os mecanismos de implementação dessas metas, que deverão ter um prazo de 15 anos para ser cumpridas.

 

Em 2013, o Pacto Global realizou uma pesquisa com mais de 1700 organizações, em cerca de 100 países, para definir os principais focos para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. O Brasil participou com 99 empresas. Dez temas foram apontados:

 

1. Prosperidade e Equidade - Acabar com a pobreza e fomentar a prosperidade por meio do crescimento econômico

 

2. Educação - Educação de qualidade para todos

 

3. Empoderamento da Mulher e Equidade de Gênero - Atingir o empoderamento de meninas e mulheres

 

4. Saúde - Cobertura universal de Saúde

 

5. Alimentos e Agricultura - Boa nutrição para todos, por meio de sistemas de agricultura sustentáveis

 

6. Água e Saneamento - Água e saneamento para todos

 

7. Energia e Clima - Energia sustentável para todos

 

8. Paz e Estabilidade - Construir sociedades onde existam paz e estabilidade

 

9. Infraestrutura e Tecnologia - Modernizar infraestrutura e tecnologia

 

10. Boa Governança e Direitos Humanos - Boa governança e promoção dos direitos humanos universalmente

 

O seguimento a este processo será uma consulta online, promovida pelo Pacto Global em parceria com a Organização das Nações para o Desenvolvimento Industrial – ONUDI. Desta vez, a meta é definir os meios práticos para efetivar esses objetivos.

 

O questionário online irá reunir opiniões sobre os seguintes temas: Desenvolvimento de políticas públicas que promovam a sustentabilidade corporativa; Promoção de parcerias; Incentivo a práticas financeiras sustentáveis; Posicionamento das pequenas e médias empresas; e Construção da confiança pelo avanço da transparência e da prestação de contas.

 

Podem participar empresas signatárias e não signatárias do Pacto Global. Clique aqui para acessar o site da pesquisa [em inglês]. O prazo termina em 25 de julho.

 

A etapa final desse processo irá ocorrer durante consulta presencial, em São Paulo, no mês de agosto, com realização da Rede Brasileira do Pacto Globa

 

Site: http://unglobalcompact.co1.qualtrics.com/SE/?SID=SV_572KuNhVCOA6l4p